Mensagem do Reitor

É TEMPO DE VOLTAR A JESUS

sagfamilia-1024x563

Arte: Cláudio Pastro

Pe. Almir Magalhães* / Reitor

O tempo do Advento é um período adequado para aprofundarmos a espiritualidade que nos remete à chegada de um Deus que se fez homem e “armou sua tenda entre nós” (Jô 1,14), com toda a carga que isto significa.

Um refrão que vem sendo repetido nos últimos tempos para a superação de uma eclesiologia com elementos de cristandade, de sua consequente ação pastoral e evangelizadora e espiritualidade intimista, uma fé sentimental que não alimenta o encontro com o outro (cf. EG, 78) sendo portanto indiferente ao sofrimento do OUTRO, é voltar às fontes, é voltar a Jesus.

O Papa Francisco tem sido um dos protagonistas desta iniciativa e convoca a toda hora, em palavras, escritos e pelo testemunho esta necessidade. Neste sentido é sempre bom reler esta belíssima Exortação A ALEGRIA DO EVANGELHO.

Um teólogo de destaque em nível mundial que caminha na mesma esteira é o espanhol José Antonio PAGOLA. Este autor, num de seus recentes livros, em que cita muito o Papa Francisco, alerta para voltarmos ao essencial, voltar a Jesus, o Cristo e isto é “muito mais do que introduzir algumas mudanças ou inovações de caráter pastoral ou de governo. A renovação de que a Igreja precisa hoje está exigindo uma conversão num nível mais profundo, para que estas mudanças sejam feitas com o Espírito de Jesus e num clima mais evangélico… precisamos atrever-nos a discernir o que há de verdade e o que há de mentira em nosso cristianismo; não fechar os olhos” (PAGOLA, Voltar a Jesus, Vozes, 2014, pp. 46 e 49).

Portanto, o intuito desta breve reflexão que antecede o NATAL é pensar como celebrar este momento na contramão do que a sociedade de consumo aponta. A fórmula é simples – VOLTAR A JESUS, VOLTAR AO ESSENCIAL… o caminho é exigente mas gratificante.

Feliz Natal, Bom 2017.

perfil-pe-almir-213x300*Pe. Antonio Almir Magalhães de Oliveira
Diretor Geral e Professor de Teologia da Faculdade Católica de Fortaleza-FCF,
Mestre em Teologia Pastoral.

Por: Redação FCF – Publicado em 14 de dezembro de 2016.