Filósofo Manfredo Oliveira recebe título de Professor emérito da UFC

13125015_1038779399510868_7250460751874789325_n

Na quinta-feira, 28 de abril de 2016, o querido, renomado e Rev.mo Sr. Pe. Manfredo Oliveira recebeu o título de Professor Emérito da Universidade Federal do Ceará – UFC. A cerimônia aconteceu no Auditório da Reitoria, Av. da Universidade, 2853 (às 19h). Na ocasião o reitor da Universidade Federal do Ceará, professor Henry de Holanda Campos, e o diretor da Instituto de Cultura e Arte, professor Sandro Thomaz Gouveia, entregaram o título de professor emérito daquela honrosa Universidade, na qual dedicou uma parte significativa de seus anos como docente no Curso de Filosofia (Mestrado e Doutorado).

13139037_1038779366177538_4137784576597598012_nA Faculdade Católica de Fortaleza – FCF, através do seu Diretor Geral, Rev.mo Sr. Prof. Ms. Pe. Antonio Almir Magalhães de Oliveira, felicita o Pe. Manfredo por sua longa jornada tão frutuosa na vida acadêmica, inclusive manifesta sua gratidão em nome de toda a Comunidade Acadêmica da FCF (alunos, ex-alunos e professores), sobretudo por aqueles que tiveram o Pe. Manfredo como professor nos seus quase 20 anos que lecionou nesta Augustíssima Casa, sempre na reflexão filosófica e teológica.

12234949_969202566472521_7557567437779126052_n

Pe. Manfredo Oliveira, Doutor em Filosofia, renomado acadêmico, é autor de diversas obras, centenas de artigos e um exímio colaborador da reflexão filosófica através das suas conferências proferidas no Brasil e em diversas partes do mundo. “Trata-se de um dos maiores filósofos e pensadores brasileiros. Com uma inteligência inquestionável, Pe. Manfredo Oliveira influenciou positivamente muitas cabeças universitárias cearenses, assim como dos da nossa Faculdade, enquanto Instituto Teológico-Pastoral do Ceará – ITEP. Portanto, este título concedido a ele é mais que merecido”, afirmou Pe. Almir Magalhães.

Que Deus continue abençoando o querido Pe. Manfredo Oliveira na sua incansável missão de ser um cooperador da reflexão filosófica, ajudando a todos a se aproximarem das perguntas e da busca das respostas fundamentais, na esperança e no empenho por um mundo mais justo e mais solidário.

Por: Redação FCF